Terça, 20 de Outubro de 2020
86 99979-7842
Política Denúncia

Operação Topique: Justiça Federal decreta sequestro de dois imóveis a pedido do MPF

Também houve recebimento de mais quatro ações penais; imóveis sequestrados foram fruto de propina

09/10/2020 18h55 Atualizada há 2 semanas
622
Por: Redação

A Justiça Federal recebeu mais quatro ações penais ajuizadas pelo Ministério Público Federal (MPF), no Piauí, referentes ao aprofundamento das investigações sobre fatos descortinados pela denominada Operação Topique, deflagrada em agosto de 2018 pela Polícia Federal (PF), Controladoria Geral da União (CGU) e MPF. A informação é do MPF. A pedido do MPF, a Justiça também decretou o sequestro de dois imóveis que estavam em posse dos acusados para evitar que eles continuassem a se beneficiar dos produtos dos crimes (corrupção passiva e lavagem de dinheiro).

Um dos imóveis sequestrados pode pertencer à empresária Pauliana Ribeiro de Amorim, prima da primeira-dama Rejane Dias (PT). Localizado na zona leste de Teresina, o imóvel residencial estaria avaliado em R$ 850 mil. Foi feita no mesmo uma reforma estimada em R$ 150 mil.

Tendo em vista que as investigações ainda continuam, o MPF ajuizará novas ações criminais e outras medidas judiciais cabíveis caso se confirme a existência de outros delitos.

O MPF denunciou 22 pessoas por associação criminosa, corrupção e lavagem de dinheiro. Os crimes ocorreram, segundo o MPF, pelo menos desde 2012 e perduram até hoje, envolvendo diversos certames licitatórios fraudados em municípios do Piauí e do Maranhão e na Secretaria de Educação do Estado do Piauí (Seduc).

Nesses processos licitatórios, figuraram como concorrentes empresas do ramo de transporte escolar vinculadas a um mesmo grupo criminoso, dentre elas a LC VEÍCULOS (antiga LOCAR TRANSPORTE LTDA.), pertencente a Luiz Carlos Magno Silva, ex-superintendente institucional da Seduc e apontado como o líder do grupo por constituir e adquirir empresas e cooptar entes públicos e pessoas, incluindo agentes públicos, a ele vinculados por laços políticos e familiares, para desviarem recursos federais de cerca de 120 milhões de reais, do Fundeb e Pnate.

DENUNCIADOS

A denúncia foi ajuizada, em 2019,  contra Luiz Carlos Magno Silva, Lívia de Oliveira Saraiva, Lana Mara Costa Sousa, Raimundo Félix Saraiva Filho, Paula Rodrigues de Sousa dos Santos, Samuel Rodrigues Feitosa, Luiz Gabriel Silva Carvalho, Francisca Camila de Sousa Pereira,  Charlene Silva Medeiros, João Gabriel Ribeiro Coelho, Suyana Soares Cardoso, Lisiane Lustosa Almendra, Marcos Eugênio Castro da Costa, Eudes Agripino Ribeiro, Kelson Vieira de Macedo, Francisco José Cardoso da Rocha, Gabriela Medeiros Pereira da Silva, Maria Salete Rego, Medeiros Pereira da Silva, Jilton Vitorino de França, Iremá Pereira da Silva,  Paulo Cézar de Sousa Martins, Antônio Francisco dos Reis Silva.

ADVOGADO IMPLICADO

Há o relato acerca do envolvimento do advogado contratado da LOCAR, KELSON VIEIRA DE MACEDO, que de acordo com a denúncia, recebeu transferido um veículo Voyage, sem qualquer contrapartida, denotando, assim, mais um indício da dissimulação perpetrada de um bem “de Luiz Carlos Magno Silva e sua empresa Locar para campanhas eleitorais nas quais o advogado Kelson Vieira de Macedo atuava como intermediário.”.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI
Atualizado às 19h46 - Fonte: Climatempo
36°
Alguma nebulosidade

Mín. 24° Máx. 40°

36° Sensação
6 km/h Vento
27% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (21/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 40°

Sol com algumas nuvens
Quinta (22/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 41°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias