Terça, 22 de Setembro de 2020
86 99979-7842
Educação IDEB

O governo do Piauí e o pássaro Chupim, tudo a ver; dados do Ideb distorcidos

Educação estadual não consegue alcançar meta mínima do Ideb, mesmo assim governo divulga informação inverídica

15/09/2020 18h50
426
Por: Redação
O Chupim é tido ave parasitária e usurpa os ninhos dos outros (Foto/Reprodução)
O Chupim é tido ave parasitária e usurpa os ninhos dos outros (Foto/Reprodução)

O governo Wellington Dias (PT) cada vez mais se parece com o famoso pássaro Chupim.

O Chupim também é conhecido por azulego, maria-preta, chopim, vira-bosta, chupim-vira-bosta, godero, gaudério, cupido (Maranhão), papa-arroz-escuro (Paraíba), rola-bosta (Espírito Santo), engana-tico, maria-vadia (nordeste do Goiás) e azulão-de-chiqueiro (Bahia e sul do Piauí).

Segundo a WikiAve, é provavelmente a ave mais odiada do Brasil, principalmente por causa de seus hábitos reprodutivos parasitários, pois nunca cuida de seus próprios ovos, sempre os botando nos ninhos de outras aves para que elas criem seus filhotes.

CHUPIM - Estudiosos indicam que sempre bota seus ovos nos ninhos de outras aves para que elas criem seus filhotes (Foto/WikiAves)

A notícia sobre a nota do Piauí no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) é um exemplo claro disso. Na verdade, mais um exemplo.

Diz a nota da CCOM (Coordenadoria de Comunicação) do Estado:

“O Piauí registrou crescimento expressivo em todas as etapas de ensino avaliadas em 2019, evidenciando a melhora constante e ininterrupta do desempenho da educação no estado desde 2005, quando a série que avalia a qualidade da educação teve início. A rede estadual piauiense teve o terceiro maior crescimento em qualidade de Educação no Brasil.”

Só pode ser brincadeira. E de péssimo gosto.

INEP - Dados do MEC evidenciam que meta a ser alcançada era de 3,8; governo do Piauí ficou abaixo

Impressionante como o governo do estado deturpa o noticiário para atender interesses menores.

Fala sobre ensino fundamental, quando esta competência não é do estado e sim de municípios.

Depois informa sobre aumento positivo no nível do ensino médio, registrando crescimento de 3,3 (2017) para 3,7 (2019).

Aos fatos. A meta do ensino médio (que é a competência e responsabilidade do governo estadual) não foi alcançada.

Era de 3,8. O estado atingiu 3,7.

Em 2017 foi ainda pior. A meta era de 3,6. O estado alcançou apenas 3,3 - déficit de 0,3.

ABANDONO - Unidade Escolar Estefânia Conrado em Floriano; prédio em péssimas condições, situação de centenas em todo o estado

Muitos portais de notícias transmitem a informação do governo. Simplesmente copiam e colam. Sem nenhuma pesquisa, nenhuma análise.

A declaração do secretário, do mesmo jeito. Ellen Gera disse:

“Com relação ao desempenho dos alunos no Saeb, no Ensino Médio, saímos de 247 (2017) para 262 (2019), em Português, e de 251 (2017) para 260 (2019), em Matemática. Outro fator que impulsionou o crescimento do estado nesta etapa foi o crescimento do índice de aprovação que passou de 86%, em 2017, para 87%, em 2019.”

Isso é apenas uma salada de números para confundir a opinião pública, se é que temos uma. Não tem relação nenhuma com o analisado pelo Ministério da Educação.

Utiliza também, maldosamente, os dados de organizações não governamentais:

“Parcerias importantes como as executadas com a Fundação Lemann e Instituto Unibanco ajudam a fortalecer a gestão escolar e contribuem para o avanço da aprendizagem, combate à evasão, abandono e reprovação dos estudantes.”

Métodos de parcerias que poderiam ser incorporadas pelo estado para gerar resultados positivos. Aí, sim. Mas não é nada disso.

Não temos sequer escolas em condições adequadas de funcionamento.

E os professores, lamentavelmente, não conseguem fazer jus aos seus direitos. Pelo 2° ano consecutivo o estado lhes nega o direito ao piso nacional de salários atribuído pelo MEC.

E mais. Para completar tudo isso, o governo ainda sequestrou os valores do abono-férias referente a 2020.

Promete devolver até dezembro. Mas já alega um déficit fiscal de R$ 274,2 milhões. Será que essa devolução vai ocorrer?

Esperamos, sinceramente, que sim.

Por enquanto, o que temos é a manifestação explícita do espírito Chupim do governo piauiense. (Toni Rodrigues)

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI
Atualizado às 11h25 - Fonte: Climatempo
33°
Alguma nebulosidade

Mín. 23° Máx. 38°

34° Sensação
11 km/h Vento
44% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 39°

Sol com algumas nuvens
Quinta (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias