Domingo, 27 de Setembro de 2020
86 99979-7842
Polícia POLÍCIA FEDERAL

MAIS UM ESCÂNDALO NAS BARBAS DO GOVERNADOR

Desvios de centenas de carteiras de identidade em branco no Instituto de Identificação

11/09/2020 11h38
764
Por: Redação
Cédulas em branco evidenciam falsificação de documentos (Foto/PF Divulgação)
Cédulas em branco evidenciam falsificação de documentos (Foto/PF Divulgação)

Mais um escândalo praticado nas barbas do governador Wellington Dias (PT). Essa é uma expressão que se utiliza quando determinado fato ocorre praticamente diante do indivíduo e ele não dá conta. Ou finge que não teve conhecimento.

A Polícia Federal está realizando a terceira fase da operação Livre Acesso que investiga servidores do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), ex-servidores do Instituto de Identificação do Piauí, órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança e uma família de supostos falsários.

FALSIFICAÇÃO - Policial Federal no Instituto de Identificação; em seguida, carteiras que podem ter sido falsificadas

A operação não está recebendo a notoriedade costumeira porque não envolve pessoas de sobrenome famoso nem políticos ou empresários, pelo menos por enquanto não se tem conhecimento, dentro daquilo que a PF pode revelar no contexto das investigações. A fase atual tem por meta identificar quem são os elementos responsáveis, de fato, e a partir deles se chegar a outros envolvidos. Neste momento, então, é que se pode identificar a participação, quem sabe, de elementos de influência na política do estado do Piauí.

O nome da operação tem essa denominação porque os elementos implicados na Identificação podiam acessar livremente o órgão governamental a qualquer hora do dia, da noite ou madrugada e até nos finais. Não havia ninguém para bloquear sua passagem, entrada ou ao menos perguntar o que estavam fazendo com tantas carteiras de identidade em branco.

Os documentos seriam usados para preenchimento com identidades falsas, ou verdadeiras, e que seriam usadas para cometimento de crimes, principalmente abrir contas na Caixa Econômica Federal e com isso tentar chegar a benefícios do governo federal. Foram cumpridos hoje cinco mandados de busca e apreensão em endereços de elementos implicados no esquema criminoso. De novo, nenhum preso.

A atual fase da investigação tem por objetivo colher elementos de provas que permitam a identificação de todos os membros do grupo criminoso, responsável pelo desvio e comercialização das cédulas de RGs apreendidas. A operação de hoje é parte da Operação Grande Família.

A Superintendência da PF no Piauí emitiu nota para explicar que "a operação policial contou com parceria da Força Tarefa Previdenciária no Estado do Piauí e mobilizou 27 policiais federais para o cumprimento dos mandados  expedidos pelo Juízo da 1ª Vara Federal de Teresina." (Toni Rodrigues, com informações da Polícia Federal)

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI
Atualizado às 07h00 - Fonte: Climatempo
25°
Alguma nebulosidade

Mín. 23° Máx. 38°

25° Sensação
7 km/h Vento
83% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (28/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 39°

Sol com algumas nuvens
Terça (29/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 39°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias