Terça, 22 de Setembro de 2020
86 99979-7842
Política COLETIVA

FMS realizará sindicância para apurar suspeitas de desvios em verbas da Covid

Declaração partiu do diretor-presidente Manoel de Moura Neto, acrescentando que não existem irregularidades nos atos da FMS

02/09/2020 20h29
27
Por: Redação
Presidente da FMS, Manoel Moura Neto:
Presidente da FMS, Manoel Moura Neto: "Não há irregularidades"

O presidente da Fundação Municipal de Saúde, Manoel de Moura Neto, informou durante coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (2) que foi aberta sindicância para apurar denúncias de superfaturamento em compras de material de combate a Covid-19. O caso se tornou público a partir de operação deflagrada hoje pela Polícia Federal.

 

A Controladoria Geral da União e a PF investigam indícios de superfaturamento de R$ 4,5 milhões na compra de produtos que seriam utilizados no combate à Covid-19. O presidente da FMS disse que conversou com o prefeito Firmino Filho rapidamente e falou para ele que pode ficar tranqüilo. “Não existe nada a temer, nenhuma irregularidade foi cometida pela nossa equipe, a Polícia Federal pode vasculhar a Fundação que não vai encontrar nenhuma ilegalidade.”

SINDICÂNCIA INVESTIGA SERVIDORA

O gestor disse uma sindicância foi aberta.para investigar o possível envolvimento de servidores da Fundação. Ele tratou sobre o caso da servidora Annelis Sobral, que é sócia de uma das empresas investigadas pela PF. Informou que uma sindicância foi aberta para apurar irregularidades. A servidora faz parte dos quadros da FMS desde 2014, e exerce a função de odontóloga. A mesma não será afastada durante o período da sindicância, mas poderá ser afastada ao final do processo.

“Qualquer servidor que entre na fundação, ou no serviço público municipal, é obrigado a declarar que não exerce função incompatível com o serviço público", declarou.

INDÍCIOS DE SUPERFATURAMENTO

Ao tratar dos indícios de superfaturamento, o presidente da FMS rebateu atuação irregular da municipalidade e disse que os preços podem ter oscilado em função de aumento verificado durante a pandemia e também por conta das oscilações do dólar.

A Polícia Federal também apontou que, em alguns casos, há incompatibilidade entre a quantidade expressa na nota fiscal e o que realmente foi entregue. O diretor financeiro da FMS, Franzé Chaves disse que está sendo averiguado “se houve uma entrega diferente daquilo que foi comprado.” (TR)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI
Atualizado às 11h45 - Fonte: Climatempo
33°
Alguma nebulosidade

Mín. 23° Máx. 38°

34° Sensação
11 km/h Vento
44% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (23/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 39°

Sol com algumas nuvens
Quinta (24/09)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 37°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias