Sábado, 08 de Agosto de 2020
86 99979-7842
Política CÂMARA FEDERAL

Não é Fake News: Deputados realmente votaram contra prorrogação do auxílio emergencial

No Piauí, o deputado Fábio Abreu foi um dos mais criticados pela postura; ele se defende negando a votação e dizendo que se trata de notícia falsa

20/07/2020 06h42 Atualizada há 3 semanas
2.682
Por: Redação
Abreu, ao votar contra impeachment da Dilma (Foto/TV Câmara)
Abreu, ao votar contra impeachment da Dilma (Foto/TV Câmara)

O deputado federal Fábio Abreu (PL) reagiu indignado à divulgação de que teria votado contra o projeto que estendia auxílio emergencial do governo federal até dezembro. Num áudio distribuído a grupos de WhatsApp ele disse que se trata de uma rede criminosa de Fake News montada para prejudicar sua imagem.

O parlamentar disse ainda que nunca votaria contra o povo brasileiro. Nessa matéria nós vamos mostrar que o parlamentar faltou com a verdade mais de uma vez. Na primeira, ao negar seu voto contrário ao projeto do auxílio. Segundo, que nunca teria votado contra a população.

Na prática, o parlamentar mobilizou sua rede de “colaboradores” na internet para tentar desqualificar o autor da matéria, ao invés de simplesmente responder ao seu conteúdo ou admitir que realmente deu voto contrário ao projeto em questão.

A INVESTIGAÇÃO

Nossa investigação junto à Câmara Federal indica que no dia 20 de maio deste ano foi apresentado o Projeto de Lei n° 2801/2020 no qual se propõe alteração da Lei 13.982, de 2 de abril de 2020, estabelecendo natureza alimentar do benefício emergencial, vedando penhora, bloqueio ou desconto que vise o pagamento de dívidas ou prestações, salvo em caso de pensão alimentícia, de autoria dos deputados Alexandre Leite (SP), Luís Miranda (DF) e Efraim Filho (PB), todos do DEM.

Ao mencionado projeto, de autoria do deputado Aliel Machado (PSB/PR), foi apresentada a Emenda n° 3/2020, com a seguinte redação: “Art. 1º Inclua-se, onde couber, artigo com a seguinte redação: “(...)Superado o período de três meses a que se refere o art. 6º da Lei n° 13.982, de 02 de abril de 2020, ficam prorrogadas automaticamente, por mais três meses, as medidas previstas nos artigos 2º, 3º, 4º e 5º dessa Lei, sem prejuízo de novas prorrogações, por ato do Poder Executivo, durante o período de enfrentamento da emergência de saúde pública.”

O RESULTADO DA VOTAÇÃO

A votação, ocorrida a 15 de julho do ano em curso, apresentou o seguinte resultado: quórum de 434 deputados; 309 votos contrários; 23 votos a favor. Ficou, assim, prejudicada a tramitação da emenda, com um total de 433 votos computados naquele momento. A deputada Rejane Dias (PT/PI) apresentou justificativa posterior e votou a favor da medida.

A votação se deu de forma virtual. A bancada piauiense votou da seguinte maneira: votos a favor - Merlong Solano (PT) e Rejane Dias; votos contrários - Átila Lira (PP), Capitão Fábio Abreu, Flávio Nogueira (PDT), Júlio César Lima (PSD), Marcos Sampaio (MDB), Margareth Coelho (PP) e Marina Santos (Solidaridade). A deputada Iracema Portela (PP) se absteve da votação.

POPULAÇÃO REAGE NEGATIVAMENTE

Nos estados, a posição contrária dos parlamentares gerou repercussão altamente negativa. Muitos deles trataram a notícia como Fake News. Mas, como se vê agora, trata-se de fato ocorrido. A emenda de prorrogação até dezembro foi apresentada e rejeitada. No Piauí, o deputado Fábio Abreu foi um dos mais criticados.

Estes parlamentares recorreram ao presidente Rodrigo Maia (DEM/RJ) para que ele divulgasse uma nota de esclarecimento, que foi a seguinte: “Peço a atenção de todos. Circula nas redes a informação de que deputados votaram contra a prorrogação do auxílio emergencial. Isso é mentira! Entenda: a Câmara aprovou o auxílio emergencial de 600 reais, inicialmente por 3 meses.” A manifestação de Maia é uma tática diversionista e pode ser considerada Fake News.

BENEFÍCIO INICIAL ATÉ JULHO

Na verdade, o benefício foi aprovado inicialmente até julho. Depois, o governo decidiu estendê-lo até setembro, que é quando se imagina os casos da pandemia tenham amenizado. A proposta de Aliel Machado queria prorrogar por mais três meses, ou seja, até dezembro, o que não foi possível graças ao voto contrário de 309 deputados, sendo que sete deles foram do Piauí.

VOTOU CONTRA O POVO MAIS DE UMA VEZ

O segundo ponto que questionamos na fala do deputado Fábio Abreu é quando ele diz que nunca votaria contra o povo brasileiro e todos sabem que ele votou pela permanência da ex-presidente Dilma Roussef (PT) no poder, mesmo após ela ter falido completamente a economia brasileira, utilizado indevidamente o Fundo Soberano, consumido de maneira irresponsável todas as reservas financeiras do país para bancar a manutenção de uma forte base de apoio no Congresso Nacional, e com isso acarretando desemprego para nada menos que 12,7 milhões de trabalhadores brasileiros. 

Isso pode ter outro nome em qualquer lugar do mundo, mas no Piauí e no Brasil, chama-se votar contra o interesse da população, indepedente das paixões políticas. Ainda mais em se considerando que naquele período havia manifestações pró-impeachment em todas as principais cidades do Brasil reunindo cada uma delas milhões de pessoas.

O QUE É UM PROJETO DE LEI

Projeto de Lei (PL) Um projeto de lei ou uma proposta de lei é um conjunto de normas que deve submeter-se à tramitação num órgão legislativo com o objetivo de efetivar-se através de uma lei. Os projetos de lei são feitos por membros do próprio órgão legislativo. Já as propostas de lei são feitas pelo poder executivo.

DEPUTADO NÃO RESPONDE MATÉRIAS

O deputado Fábio Abreu não responde às matérias sobre sua atuação política. Silenciou mediante denúncia de que alguns policiais militares estariam sendo utilizados para distribuir cestas de alimentos na periferia e com isso beneficiar sua pré-candidatura a prefeito de Teresina. Silenciou sobre o contrato de locação pela qual a Secretaria de Segurança já pagou mais de R$ 1,025 milhão no centro da capital sem fazer uso do prédio (está em eterna reforma). Silenciou ainda a votação contrária à emenda 3/2020 optando pela agressão gratuita nas redes sociais. Informamos que o espaço do site está disponível para manistação do parlamentar caso ele queira fazer uso. (Toni Rodrigues)

ACESSE AQUI PÁGINA DA CÂMARA FEDERAL

ACESSE AQUI PROJETO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL

SENADORES TAMBÉM QUEREM PRORROGAR AUXÍLIO

Veja os vídeos abaixo:

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI
Atualizado às 11h06 - Fonte: Climatempo
29°
Alguma nebulosidade

Mín. 21° Máx. 35°

29° Sensação
22 km/h Vento
45% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (09/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 36°

Sol com algumas nuvens
Segunda (10/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 36°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias