CNN BRASIL

Wassef nega apoio a Fabrício Queiroz; não sabia que estava no sítio

Entrevista...

22/06/2020 08h02Atualizado há 1 semana
Por: Redação
12
Frederick Wassef durante entrevista à CNN Brasil
Frederick Wassef durante entrevista à CNN Brasil

O advogado do presidente Jair Bolsonaro, Frederick Wassef, pediu afastamento do caso que envolve o ex-assessor Fabrício Queiroz.

Ele disse durante entrevista concedida à CNN Brasil que o faz em razão de perseguições ao presidente da República e seus familiares.

Wassef é dono do sítio em que foi encontrado Fabrício Queiroz na semana passada.

O presidente chamou a prisão de espetaculosa.

Wassef disse que não mantinha contato Queiroz e que também não sabia de sua presença no sítio de Atibaia.

Desconhece inclusive como ele conseguiu a chave para adentrar a propriedade.

No muro do sítio havia uma placa do escritório de advocacia de Wassef.

Observadores entendem que isso pode significar uma tentativa de obstrução da justiça.

Isso porque segundo o art.7, inciso 2°, do Estatuto da OAB, o escritório de um advogado é inviolável.

Negou ainda que Queiroz, enquanto a defesa era patrocinada por ele, tenha deixado de comparecer a intimações do Ministério Público do Rio de Janeiro.

Disse que uma coisa é comparecer fisicamente, outra coisa é se fazer presente nos autos através de seu advogado, notadamente apresentando documentações que justificavam a sua ausência.

Todos sabem, segundo Wassef, que Queiroz está fazendo um tratamento de saúde contra um câncer.

Finalizou dizendo que não vê a possibilidade de Queiroz fazer delação premiada no caso da rachadinha. (Toni Rodrigues)

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias