FAKE NEWS

Amigos do presidente Bolsonaro recebem “visita” da Polícia Federal

O deputado federal Daniel Silveira comentou nas redes sociais que a PF estava em seu apartamento; Allan dos Santos é alvo de novo

16/06/2020 10h22Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
26
Deputado Daniel Silveira, do PSL-RJ: alvo da PF (Foto/Câmara)
Deputado Daniel Silveira, do PSL-RJ: alvo da PF (Foto/Câmara)

INQUÉRITO EM RITMO ACELERADO — Ganha ritmo acelerado o inquérito das Fake News, em trâmite no Supremo Tribunal Federal. Nesta terça-feira, várias pessoas ligadas ao presidente Jair Bolsonaro foram "visitados" desde cedo pela Polícia Federal.

BLOGUEIRO É NOVAMENTE VISITADO — O blogueiro Allan dos Santos, do canal Terça Livre, foi novamente visitado pela PF. Busca e apreensão em sua residência em Brasília. É acusado de agressões contra o STF. Determinação parte do ministro Alexandre de Moraes.

BUSCA E APREENSÃO EM OUTROS ENDEREÇOS — Também visitado o organizador do partido Aliança pelo Brasil, comandado pelo presidente Bolsonaro. Ele e sua mulher são acusados de espalhar informações mentirosas sobre o Supremo e outras instituições democráticas. É o que se chama de atos anti-democracia.

21 MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO — Estão sendo cumpridos 21 mandados de busca e apreensão por agentes da PF de Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Maranhão e Santa Catarina, além do no Distrito Federal. Luiz Felipe Belmonte e Sérgio Lima, respectivamente vice-presidente e marqueteiro do Aliança pelo Brasil, receberam a visita das autoridades.

DEPUTADO FEDERAL VAI ÀS REDES — O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) comentou logo cedo nas redes sociais: "A PF está em minha residência." Estão sendo investigados ainda blogueiros e youtubers que se apresentam como "de direita", dentre os quais Émerson Teixeira, mais conhecido como "professor opressor", Fernando Lisboa e "Ravox".

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias